24°
Máx
17°
Min

Parlamento da Espanha debate apoio a governo socialista em 2 de março


O Parlamento da Espanha se reunirá em 2 de março para começar a debater um voto de confiança para um governo proposto que seria liderado por Pedro Sánchez, do Partido Socialista Obrero Español (PSOE). O anúncio foi feito nesta segunda-feira pelo presidente do Parlamento, Patxi López.

O rei Felipe VI pediu em 2 de fevereiro a Sánchez que tente formar a um governo com o apoio do Parlamento eleito em 20 de dezembro. Sánchez abriu negociações com outros partidos que concorreram contra o conservador Partido Popular, que governa a Espanha há quatro anos.

O Partido Popular ficou em primeiro na eleição, mas perdeu a maioria no Legislativo. Sánchez, cujo partido ficou em segundo, foi apontado para formar o governo após o primeiro-ministro Mariano Rajoy não conseguir dar esse passo, por não ter apoio suficiente das outras siglas.

Agora, Sánchez enfrenta incertezas. Ele tenta negociar uma coalizão com o centrista Ciudadanos e com o Podemos, de extrema-esquerda, mas até agora as siglas se recusam a trabalhar uma com a outra. Além disso, Sánchez diverge do Podemos em relação a um voto popular para a eventual secessão da Catalunha.

Sánchez terá mais duas semanas para superar os obstáculos. Caso não consiga um voto de confiança, os líderes de partidos rivais, inclusive Rajoy, terão mais dois meses para formar um governo. Se isso não ocorrer, uma nova eleição legislativa será convocada. Fonte: Dow Jones Newswires.