27°
Máx
13°
Min

Partido governista da Turquia nomeia aliado de Erdogan novo líder da sigla

O partido governista da Turquia apontou um aliado do presidente Recep Tayyip Erdogan como seu líder nesta quinta-feira, o que abre caminho para esse aliado, o ministro Binali Yildirim, tornar-se primeiro-ministro. Com isso, Erdogan deve buscar levar adiante seu projeto de reformar a Constituição para garantir mais poder.

Ministro do Transportes, Assuntos Marítimos e Comunicações, Yildirim se tornará o próximo presidente do Partido Justiça e Liberdade (AKP) em uma eleição extraordinária em que não haverá oponentes, no domingo. Depois disso, Erdogan deve nomeá-lo para o governo.

Yildirim, ex-executivo de 60 anos que ajudou Erdogan a criar o AKP, foi escolhido no momento em que Erdogan busca mudar o governo turco para uma presidência com poderes executivos, enquanto combate os insurgentes curdos. A oposição teme que a consolidação de poder de Erdogan ameace as instituições democráticas do país. Alguns investidores, por sua vez, acreditam que certas inclinações populistas do presidente podem erodir a independência do banco central e os fundamentos da economia turca.

A economia turca cresce em média 5% ao ano desde que o AKP chegou ao poder, em 2002. Nesse período, Yildirim monitorou investimentos de cerca de 200 bilhões de liras (US$ 67 bilhões) em investimentos de infraestrutura. Fonte: Dow Jones Newswires.