27°
Máx
13°
Min

Pesquisas recentes apontam para maior chance de o Reino Unido continuar na UE

Novos números mostram uma inversão nas pesquisas sobre a possibilidade de o Reino Unido permanecer ou sair da União Europeia (UE). Um levantamento da Survation publicado pelo jornal Mail on Sunday no final de semana mostrou que o grupo que votará pela permanência do país na UE cresceu e está com 45% das intenções de voto, contra 42% do grupo que optará pelo "Brexit" (termo designado para uma saída da UE). Já a pesquisa YouGov para o The Sunday Times mostrou 44% para o "Permanecer" e 43% para o "Sair". O plebiscito está previsto para acontecer nesta quinta-feira (23).

Nos dias anteriores ao assassinato da deputada britânica Jo Cox - que era a favor da permanência - todos os estudos indicavam aumento das intenções de voto para o "Brexit", o que levou a uma turbulência nos mercados acionários. A tragédia chocou o eleitorado britânico e o tom da campanha mudou para um discurso mais conciliador, o que pode ter ajudado muitos indecisos a migrar para o lado dos que defendem a permanência, apontam analistas.

Preso e acusado de matar a deputada, Thomas Mair declarou no sábado "Morte aos traidores, liberdade para o Reino Unido" no tribunal que julga o caso.