22°
Máx
16°
Min

Pesquisas sugerem que nova eleição não romperia impasse político na Espanha

Madri, 03 (AE) - Pesquisas divulgadas neste domingo sugerem que uma nova eleição não resolveria o atual impasse político na Espanha. Com isso, cresce a pressão para que os partidos do país consigam fechar uma coalizão de governo.

Uma pesquisa publicada neste domingo pelo El País e outra divulgada pelo El Español, um jornal online, sugerem que nenhum partido teria força para obter uma maioria. Nesse caso, as negociações partidárias teriam de recomeçar.

Os políticos têm travado negociações sobre a tentativa de formar um governo desde a eleição de 20 de dezembro.

No caso da pesquisa da Metroscopia divulgada pelo jornal El País, o Partido Popular, do primeiro-ministro Mariano Rajoy, aparece em primeiro, com 27,7% das intenções, porém com dificuldades para conseguir uma coalizão com seus mais prováveis aliados. Em segundo aparece o Partido Socialista Obrero Español (PSOE), com 21,0% das intenções. O esquerdista Podemos, que foi a sensação em disputas recentes nas urnas, apareceu apenas em quarto na sondagem, com 15,9% dos votos, atrás do Ciudadanos, que tem 18,8% das intenções. Fonte: Associated Press.