22°
Máx
14°
Min

Presidente do Iêmen substitui presidente do Banco Central do país

O presidente do Iêmen, Abed Rabbo Mansour Hadi, ordenou a substituição do presidente do Banco Central do país, Mohamed Bin Humam, neste domingo após uma disputa sobre o controle das finanças do Estado durante a guerra que já dura 18 meses no Iêmen.

Hadi, que lidera um governo reconhecido internacionalmente e que combate os rebeldes Houthi, emitiu um decreto que nomeia seu ministro das Finanças, Munser al-Quaiti, como presidente do Banco Central, de acordo com a agência de notícias oficial Sabanew.net. O presidente emitiu outro decreto reorganizando o conselho de administração do banco e transferindo a sua sede da capital, Sanaa, para a cidade portuária de Áden, onde o governo de Hadi tem uma base.

Os movimentos acompanham queixas crescentes do governo de Hadi que o banco central e seu presidente se aliaram com os rebeldes Houthi que controlam Sanaa. As queixas ficaram centradas em torno das acusações de que o banco central estaria canalizando grandes somas de dinheiro para o esforço de guerra Houthi e não pagando muitos funcionários do governo em áreas fora do controle Houthi. Um pedido de comentário a Humam não foi imediatamente retornado. Fonte: Dow Jones Newswires.