28°
Máx
17°
Min

Presidente eleito das Filipinas irá reintroduzir pena de morte no país

(Foto: Divulgação) - Presidente eleito das Filipinas irá reintroduzir pena de morte no país
(Foto: Divulgação)

O presidente eleito das Filipinas Rodrigo Duterte disse nesta segunda-feira que irá oferecer postos do gabinete para os rebeldes comunistas, se movimentar para alterar a Constituição para dar mais poder às províncias e reintroduzir a pena morte no país, em alguns de seus primeiros pronunciamentos políticos desde a vitória na eleição que ocorreu na semana passada, com base em uma contagem não oficial. Além disso, ele disse que dará às forças de segurança ordens de "atirar e matar" em determinados casos.

"O que farei é instar o Congresso a restaurar a pena de morte por enforcamento", disse Duterte numa coletiva de imprensa na cidade de Davao (sul).

Em sua primeira entrevista formal desde a votação no dia 09 de maio, Duterte também disse que vai lançar uma grande ofensiva militar para destruir o grupo de extremistas Abu Sayyaf no sul da ilha de Jolo, mesmo que os seus direitos humanos estejam em processo.

Além disso, Duterte disse que vai vender o iate presidencial e usar o dinheiro para comprar

equipamentos médicos para militares e policiais. Fonte: Associated Press.