22°
Máx
17°
Min

Presidente ucraniano defende manutenção de sanções contra Rússia

Bucareste, 21 (AE) - O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, comentou nesta quinta-feira que as sanções contra Rússia devem persistir enquanto as hostilidades no leste da Ucrânia continuarem.

Poroshenko disse que ele e o presidente romeno Klaus Iohannis concordaram que "discussões relacionadas ao cancelamento das sanções impostas à Rússia não podem ocorrem até que a agressão acabe."

Segurança foi o principal foco das conversas que o presidente ucraniano teve durante a visita de um dia à Romênia. O combate no leste da Ucrânia entre os separatistas e as tropas do governo já deixou pelo menos 9.100 mortos desde 2014.

Poroshenko afirmou, ainda, que "um fim às sanções será perigo absoluto para resolução da situação em Donbass e Rússia continuará com ações agressivas".

Os dois líderes concordaram com a ideia de uma frota da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no Mar Negro, a fim de "consolidar a presença" das forças aliadas na região. Fonte: Associated Press.