28°
Máx
17°
Min

Queda de avião no aeroporto de Pedro Juan Caballero deixa dois mortos

Avião caiu de bico na pista do aeroporto (Foto: Amambay Notícias) - Queda de avião no aeroporto de Pedro Juan Caballero deixa dois mortos
Avião caiu de bico na pista do aeroporto (Foto: Amambay Notícias)

Um avião caiu na tarde de domingo (17) no aeroporto de Pedro Juan Caballero - cidade que faz fronteira com Ponta Porã, localizada a 323 km de Campo Grande. Duas pessoas morreram no acidente, entre elas um brasileiro.

Conforme o site Amambay Notícias, a queda aconteceu por volta das 15h30. Eles estariam fazendo um pouso forçado, mas acabaram caindo e colidindo "de bico" com a pista. As duas vítimas foram identificadas, sendo uma delas o comerciante brasileiro Mário Ney Chaves Pires, de 55 anos, nascido em Porto Velho (RO).

Ele estava acompanhado pelo estudante paraguaio Antônio Marques Duartez, de 24 anos, nascido em Pedro Juan Caballero, onde também morava. Mário faria 56 anos no próximo dia 25. As causas do acidente e o itinerário do voo ainda não foram apuradas pelas autoridades locais, que estão ao local do incidente.

O caso será investigado pelo órgão competente no Paraguai.

Investigado

Um dos homens que morreu na tarde de domingo (17), após o avião em que estava cair no aeroporto de Pedro Juan Caballero, cidade fronteiriça a Ponta Porã, já foi alvo de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) sobre o narcotráfico e cumpriu pena por tráfico de drogas.

Mário Ney Chaves Pires, de 55 anos, é brasileiro, nascido em Porto Velho (RO), mas morava em Pedro Juan. Investigações feitas pela CPI o indicavam como um dos aeronautas que fazia parte de um grupo que realizava transporte de drogas no Pará.

Neste domingo, em seu avião, foram encontrados vários celulares e folhas de coca em sacolas. As investigações feitas pela CPI, do início da década passada, apontam participação de Pires no narcotráfico, pelo menos, desde 1999.

A Comissão reuniu parlamentares da Assembleia Legislativa de São Paulo, já que o estado era um dos abastecidos pelas drogas transportadas no esquema ilícito.

Já as causas da queda da aeronave, segundo o jornal paraguaio ABC Color um modelo Cessna 210 com matrícula ZP-BIK, estão sendo investigadas pelas autoridades paraguaias.

Colaboração: Campo Grande News, ABC Color e Amambay Notícias