23°
Máx
12°
Min

Restos mortais indicam que houve explosão na aeronave da EgyptAir que caiu

(Foto: Estadão Conteúdo) - Restos mortais indicam que houve explosão na aeronave da EgyptAir que caiu
(Foto: Estadão Conteúdo)

Uma graduada autoridade forense egípcia afirmou que restos mortais encontrados das vítimas da queda do voo 804 da EgyptAir mostravam queimaduras e estavam "muito finos", o que sugere que uma explosão ocorreu enquanto o avião estava no ar. Todas as 66 pessoas a bordo no voo que partiu de Paris e seguiria para o Cairo morreram no acidente, que ainda está sob investigação.

O Airbus A320 caiu no Mar Mediterrâneo no início do dia 19 de maio. A autoridade egípcia, integrante da equipe que examinou os restos mortais, falou à agência Associated Press com a condição de ter o anonimato preservado, por não estar autorizado a divulgar informações.

De acordo com a fonte, as partes do corpo estão "muito finas" e pelo menos um pedaço de um braço tem sinais de queimaduras. Isso indica que pode ter pertencido a um passageiro que sentava perto do local da explosão, explicou. Segundo a autoridade, porém, não é possível dizer o que causou a explosão. A fonte afirmou que ainda não foram encontrados, ao menos até o momento, traços de explosivos nos restos mortais localizados.

Autoridades do Egito já disseram acreditar que o terrorismo é a causa mais provável para a queda da aeronave. Fonte: Associated Press.