26°
Máx
19°
Min

Resultados preliminares apontam derrota de Evo Morales e opositores comemoram

Os primeiros resultados do plebiscito realizado no domingo para alterar a Constituição e permitir a candidatura do presidente da Bolívia, Evo Morales, para uma terceira reeleição apontam para uma vitória do "não", com 63,51% dos votos contra 36,49% dos que o apoiam, segundo dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral da Bolívia, que computou até o momento 27,2% dos votos.

A contagem oficial segue lenta, especialmente em áreas rurais, onde Morales tem mais apoio. Em pesquisas boca de urna, transmitidas pelas principais redes de televisão, também apontam para uma vitória do "não", com 52,3% dos votos para o "não", contra 47,7% para uma reeleição, com uma margem de erro de 2% para mais ou para menos, informou a rede ATB. Já a rede Unitel disse que sua pesquisa boca de urna mostra 51% para o "não" e 49% para o "sim", com uma margem de erro de 3% para mais ou para menos.

Embora os resultados sejam preliminares, os opositores já tomaram as ruas na cidade de Santa Cruz, um reduto da oposição, para celebrar a rejeição da reeleição de Morales.

Todo o período de eleição foi tranquilo, com alguns incidentes isolados, como quando alguns eleitores atearam fogo em urnas e cédulas em doze mesas na cidade oriental de Santa Cruz por causa de atrasos na abertura das salas. Fonte: Associated Press