21°
Máx
17°
Min

Rubio vê sequestro de movimento conservador nos EUA

Washington, 05/03/2016 - O senador da Flórida, Marco Rubio, não citou o seu principal oponente nas primárias do Partido Republicano pelo nome durante a Conferência de Ação Política Conservadora, realizada neste sábado, mas questionou as convicções e o tom da campanha de Donald Trump.

"Ser conservador simplesmente não pode se resumir ao qual irritado você está disposto a ser ou a quantos nomes você está disposto a chamar as pessoas", disse. Rubio também afirmou a legiões de jovens conservadores que eles podem não ter uma chance de deixar sua marca no país "se o movimento conservador for sequestrado por alguém que não é conservador".

Após o pronunciamento, o senador voltou a fazer referências a Trump durante entrevista à jornalista Dana Bash, da CNN: "O sonho americano não é sobre quanto dinheiro você consegue ganhar ou quantos prédios você tem com o seu nome."

Rubio passou boa parte da última semana fazendo provocações a Trump durante comícios e debates, questionando a riqueza, o temperamento e, até mesmo, o tamanho das mãos do bilionário. Trump respondeu aos ataques chamando o oponente de "Pequeno Rubio" e "peso leve", entre outros nomes. O bate-boca entre os dois dominou o último debate entre os candidatos republicanos à presidência, na quinta-feira.

Neste sábado, a jornalista Dana Bash questionou Rubio sobre o tom dos ataques contra Trump, incluindo a decisão do bilionário de pular o evento anual que se tornou parada regular para os candidatos presidenciais. O líder na corrida republicana pela presidência falaria na manhã deste sábado, mas cancelou sua participação para realizar comício no Kansas. Fonte: Dow Jones Newswires.