27°
Máx
13°
Min

Rússia conduz exercícios militares em meio a tensões com Ucrânia

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, ordenou a execução de exercícios militares intempestivos para testar a prontidão das tropas na fronteira Oeste do país.

Os exercícios foram anunciados pelo ministro da Defesa, Sergei Shoigu, e acontecem em meio à uma alta das tensões com a Ucrânia. A Rússia, que apoia a milícia separatista ucraniana, culpou o governo em Kiev pela morte de dois membros do secretos secreto russo no início do mês, na Crimeia, região anexada por Moscou em 2014.

As manobras militares testarão a capacidade das forças estacionadas na região em "empregar prontamente para enfrentar situações de crise", e também a disponibilidade dos distritos vizinhos em enviar apoio à região, afirmou o ministro da Defesa, acrescentando que o exercício deve durar até o fim do mês.

O anúncio desta quinta-feira acontece em meio ao envio de milhares de tropas russas para a fronteira com a Ucrânia como parte de uma nova estratégia para conter a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Analistas militares, no entanto, afirmam que o esforço é orientado para criar uma ameaça militar permanente ao país vizinho, que pode ser enviada a qualquer momento para apoiar separatistas pró-Rússia. Fonte: Dow Jones Newswires.