22°
Máx
14°
Min

Rússia descarta ideia de zona de exclusão aérea na Síria

Uma graduada autoridade da Rússia descartou a proposta da chanceler da Alemanha, Angela Merkel, de avaliar a possibilidade de se impor uma zona de exclusão aérea sobre a Síria. Segundo Moscou, isso poderia ser feito apenas com o consentimento do governo sírio.

O vice-ministro das Relações Exteriores russo, Gennady Gatilov, disse também que qualquer zona de exclusão aérea precisaria, além do aval sírio, do apoio do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas.

A declaração de Gatilov é dada no momento em que aviões de combate russos continuam a atacar posições dos militantes na região de Aleppo, em apoio à ofensiva do Exército sírio. A Rússia disse que continuará a atacar extremistas na Síria, independentemente de um cessar-fogo planejado.

Em entrevista publicada na segunda-feira, Merkel disse que seria "útil" se houvesse áreas em que nenhum dos lados realizasse ataques aéreos. Fonte: Associated Press.