28°
Máx
17°
Min

Rússia: não há sobreviventes do avião da FlyDubai que partiu com 62 passageiros

(Foto / AFP) - Rússia: não há sobreviventes do avião da FlyDubai que partiu com 62 passageiros
(Foto / AFP)

Não há sobreviventes entre as 62 pessoas a bordo do avião da FlyDubai que caiu durante tentativa de pouso no aeroporto da cidade de Rostov on Don, no sul da Rússia, de acordo com informações do Ministério de Emergências do País.

O Boieng 737-800, voo FZ981, saiu do aeroporto Internacional de Dubai na noite de sexta-feira, às 22h20 (horário local), com previsão de chegada na Rússia às 3h50 (horário local).

Do total de 62 pessoas a bordo, 55 eram passageiros, sendo 44 russos, oito ucranianos, dois indianos e um pessoa do Uzbequistão. A tripulação era formada por dois pilotos da Espanha e Chipre, dois russos e cidadãos de Seicheles, Colômbia e Quirguistão.

O piloto e o copiloto tinham 5,965 mil e 5,769 mil horas de voo, respectivamente. A aeronave foi produzida em 2011 e a última manutenção foi realizada na Jordânia em 21 de janeiro deste ano, segundo informou o executivo-chefe da FlyDubai, Ghaith al-Ghaith.

A FlyDubai informou que trabalha junto das autoridades para encontrar as causas do acidente. "Nós não sabemos todos os detalhes do acidente, mas estamos trabalhando junto de todas as autoridades para saber exatamente o que aconteceu", disse al-Ghaith, que acrescentou que uma equipe já está a caminho da Rússia.

A FlyDubai foi criada em 2008 pelo governo de Dubai, que também é proprietário da Emirates, a maior companhia aérea do mundo em tráfego internacional. Sheikh Ahmed bin Saeed Al dirige as duas empresas. Fonte: Dow Jones Newswires