22°
Máx
17°
Min

Secretário de comércio do Reino Unido procura acalmar americanos sobre Brexit

Um alto funcionário de comércio do Reino Unido tentou tranquilizar os americanos, nesta segunda-feira, de que Londres pretende preservar e estreitar seus laços econômicos ao passo em que se movimenta para deixar a União Europeia.

Liam Fox, o recém-instalado secretário de comércio exterior do Reino Unido, iniciou uma visita de três dias aos EUA para aliviar as preocupações de autoridades norte-americanas e líderes empresariais de que seu país se afastaria estratégica e economicamente dos dois lados do Atlântico.

Em uma entrevista, Fox argumentou que os britânicos teriam a condição de negociar um comércio mais próximo com os EUA e outros países após a conclusão do Brexit. Como membro da UE, o país é apenas uma voz em meio a mais de 20 membros representados em Bruxelas.

"A primeira coisa é afastar a ideia de que o Brexit é, de alguma forma, uma decisão antimercado", disse Fox. "Na verdade, é o contrário: na minha visão, O Reino Unido está prestes a se tornar um país que olha mais para o exterior".

O Reino Unido não pode sinalizar um acordo com outros países enquanto ainda é parte da UE, e Londres não emitiu nenhuma notificação formal para iniciar as negociações do Brexit - um processo que pode levar dois anos. O tempo ainda está sendo debatido pelo novo governo do país.

Hoje, Fox se reuniu com o secretário do Comércio dos EUA, Penny Pritzker, com o representante de comércio, Mike Froman, e com líderes empresariais na Câmara do Comércio dos EUA. O britânico ainda deve visitar Chicago e Los Angeles nesta semana e se encontrar com executivos da Boeing. Fonte: Dow Jones Newswires.