22°
Máx
17°
Min

Secretário de Justiça britânico se candidata à Premiê

Um dos principais defensores da saída britânica do Reino Unido e atual Secretário de Justiça do país, Michael Gove, disse nesta sexta-feira que acredita ser a melhor alternativa para substituir o primeiro-ministro David Cameron, que recentemente comunicou que renunciará da posição de líder do Partido Conservador.

"Tive de defender minhas convicções", disse Gove nesta sexta-feira. "Preciso defender uma mudança de rumos para o país. Devo me candidatar à liderança deste partido."

O político afirmou que, como líder, acabará com a política de migração da União Europeia que permite quaisquer cidadãos do bloco viver e trabalhar no Reino Unido e que direcionará a verba atualmente encaminhada à União Europeia ao Serviço Nacional de Saúde. Ele também pretende reduzir a taxação sobre combustíveis. Na sua avaliação, o governo não pode endereçar esta "situação histórica" com "timidez".

Gove disse que fez praticamente tudo que podia para não se candidatar à liderança do Partido Conservador, mas sentiu que não havia outra escolha a fazer, após avaliar que Boris Johnson, ex-prefeito de Londres e outro expoente da campanha pelo Brexit, não era a pessoa certa para assumir a posição.

Anteriormente, Gove havia concordado em apoiar a candidatura de Johnson, porém após uma inesperada mudança de ideia nesta quinta-feira, um assessor de Gove informou o ex-prefeito londrino da decisão, horas antes do lançamento de sua candidatura. Ainda na quinta-feira, Johnson anunciou que havia desistido de concorrer à liderança do Partido. Fonte: Dow Jones Newswires.