22°
Máx
17°
Min

Sírio que se explodiu no sul da Alemanha jurou aliança ao Estado Islâmico

Foto: Divulgação  - Sírio que se explodiu no sul da Alemanha jurou aliança ao EL
Foto: Divulgação

O sírio que detonou explosivos em frente a um festival de música ao ar livre no sul da Alemanha gravou um vídeo em seu celular jurando aliança ao Estado Islâmico, afirmou o ministro do Interior da Baviera, Joachim Herrmann, nesta segunda-feira.

Segundo uma tradução inicial da mensagem gravada pelo rapaz de 27 anos mostra que ele pretendia fazer um "ataque de vingança" contra a Alemanha, e que sugere fortemente que o incidente, o primeiro caso de ataque suicida no país em vários anos, foi um atentado terrorista.

A explosão aconteceu na noite de domingo em Ansbach, uma pequena cidade do Estado da Baviera, onde ocorria o festival que havia atraído cerca de 2 mil pessoas.

O homem tentou entrar no festival, mas não conseguiu, segundo Joachim Herrmann. Investigadores acreditam que foi neste momento que o homem detonou a bomba, matando a apenas a si próprio. Segundo autoridades alemãs, o número de pessoas feridas subiu a 15. Nenhum deles corre risco de morte.

Herrmann afirmou que o sírio havia chegado à Alemanha há dois anos e pedido asilo. Embora o pedido tenha sido rejeitado no ano passado, ele não foi deportado por causa da guerra civil em seu país. O sírio já era conhecido da polícia, uma vez que havia sido tratado em um hospital em duas ocasiões após tentar cometer suicídio.

O caso em Ansbach foi o quarto ato de violência de grande repercussão registrado na Alemanha ao longo de uma semana e o terceiro envolvendo um imigrante em busca de asilo. Fonte: Dow Jones Newswires.