26°
Máx
19°
Min

Sri Lanka é declarado livre de Malária pela OMS

O Sri Lanka se tornou nesta terça-feira o terceiro país na Ásia a ser declarado livre de malária pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Apenas as Maldivas e Cingapura também foram declarados livres da doença na região, mas ambos os países tem menos de um quarto da população de 21 milhões do Sri Lanka.

"A conquista do Sri Lanka é realmente incrível. Na metade do século 20 o país se encontrava entre os mais afetados pela malária, mas agora está livre", disse o diretor regional da OMS, Poonam Khetrapal Singh. "Isso..mostra os grandes avanços que podem ser feitos quando ações com foco são tomadas."

O Sri Lanka começou sua campanha contra a malária em 1911, logo antes do pico da doença, com 1,5 milhão de casos e quase atingiu sua eliminação em 1963, quando apenas 17 casos da doença foram registrados. Entretanto, os fundos se perderam e a malária voltou normalmente. Foram necessárias cinco décadas para recuperar o terreno perdido pela doença.

Eem 2006, o país registrou menos de mil casos de malária por ano e, desde outubro de 2012, os casos chegaram a zero. Nos três anos e meio seguintes, nenhum caso transmitido localmente foi registrado, informou o ministério da Saúde do Sri Lanka.

"Nosso principal desafio é garantir o monitoramento. O financiamento internacional para a campanha contra a malária do Sri Lanka acaba em 2018 e depois disso a responsabilidade financeira total recairá sobre o governo", disse o ex-diretor da campanha contra a malária no Sri Lanka, Risintha Premaratne. Fonte: Dow Jones Newswires.