20°
Máx
14°
Min

Tribunal da África do Sul ordena revisão de 738 acusações contra presidente Zuma

Um tribunal da África do Sul determinou nesta sexta-feira a revisão do arquivamento de 738 acusações de corrupção contra o presidente do país Jacob Zuma, acrescentando mais pressão aos problemas do líder com a Justiça.

Com isso, a decisão do juiz Aubrey Ledwaba permite que os promotores reabram as denúncias contra Zuma ligadas a um acordo de bilhões de dólares de armas em 1999. Zuma negou as alegações de corrupção.

As acusações de corrupção contra Zuma foram retiradas em 2009, pouco antes da eleição em que ele se tornou presidente. O presente caso foi trazido pelo partido da oposição, a Aliança Democrática.

Zuma já está sob pressão da decisão do Tribunal Constitucional, a mais alta corte da África do Sul, que ordenou o presidente a reembolsar fundos estatais gastos em sua residência privada. Fonte: Associated Press.