23°
Máx
12°
Min

Tribunal do Japão ordena suspensão das atividades de dois reatores nucleares

O Tribunal Distrital de Otsu no Japão emitiu uma liminar de ordem nesta quarta-feira para paralisar as atividades de dois reatores nucleares da central de Takahama, perto da cidade de Kyoto, por razões de segurança, destacando em sua decisão o acidente de Fukushima, ocorrido há cinco anos.

Segundo o tribunal, a situação de emergência nos planos de resposta e projetos de equipamentos em dois reatores não foram suficientemente atualizados após o desastre nuclear de Fukushima.

A ordem exige que a empresa Kansai Electric Power desligue o reator número 3 e mantenha a unidade número 4 offline na usina de Takahama, em Fukui, região que abriga 12 reatores.

Os dois reatores foram reiniciados este ano depois de obter as autorizações técnicas e política necessárias. O reator número 3, que utiliza um tipo de combustível mais arriscado baseado em plutônio, voltou a operar no final de janeiro, enquanto o reator número 4 teve que ser encerrado no mês passado depois de operar por apenas três dias devido a uma série de problemas técnicos.

A companhia disse que irá acatar a decisão imediatamente, mas disse que pretende recorrer. A decisão reflete pontos de vista diferentes no Japão sobre a segurança nuclear e deixa apenas dois dos 43 reatores do país em operação. Fonte: Associated Press.