23°
Máx
12°
Min

Tropas sírias removem minas e bombas após captura da cidade de Palmira

Um oficial militar da Síria disse que esquadrões de bomba estão trabalhando na remoção de minas e bombas plantadas pelo grupo Estado Islâmico na histórica cidade de Palmira. Segundo a autoridade, os explosivos foram plantados em quase toda a cidade, incluindo áreas residenciais, bem como o centro histórico que abriga algumas das mais valiosas relíquias arqueológicas do Oriente Médio. O oficial falou nesta segunda-feira sob condição de anonimato.

As tropas sírias e milicianos pró-governo capturaram a cidade de Palmira no domingo sob a cobertura de ataques aéreos russos, encerrando o controle do Estado Islâmico sobre a cidade que já durava 10 meses.

Especialistas em antiguidades da Síria afirmaram estar chocados com a destruição que o Estado Islâmico causou dentro do museu de Palmira, onde dezenas de artefatos foram quebrados

Durante a permanência dos extremistas na cidade, o grupo demoliu alguns dos seus mais conhecidos

artefatos e monumentos, incluindo dois grandes templos de tinham mais de 1.800 anos e um arco do triunfo romano.

O chefe de antiguidades e museus da Síria, Maamoun Abdul-Karim, disse que uma equipe do seu departamento irá a Palmira para estimar as perdas, mas que serão necessários muitos dias para determinar a extensão dos danos. Fonte: Associated Press.