28°
Máx
17°
Min

Trump define novos detalhes de seus planos econômicos

O candidato do Partido Republicano para a presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, expôs hoje alguns detalhes sobre sua proposta de modelo econômico, dizendo que ele entregaria um crescimento econômico significantemente mais forte para compensar os custos de grandes cortes de impostos e maiores gastos federais em Washington.

Em um discurso no Clube Econômico de Nova York, Trump discorreu sobre suas propostas para cortar impostos e regulamentos a fim de impulsionar a economia. No começo da semana, ele propôs um novo pacote de incentivos fiscais para tratamentos infantis juntamente com uma nova prerrogativa federal para licença maternidade.

"Meu plano econômico rejeita o cinismo que diz que nossa força de trabalho continuará em declínio, que os empregos ficaram mais escassos e que nossa economia jamais poderá crescer como no passado", disse Trump.

O empresário também pediu por uma diminuição dos gastos do governo que não sejam com Defesa, embora ele tenha excluído programas assistenciais, que devem ser os maiores condutores de gastos nas próximas décadas, segundo projeções. Para ajudar a alcançar os planejados cortes de despesas, Trump planeja reduzir o orçamento de agências do governo em áreas como educação e transporte, bem como o do Departamento do Interior - em 1% ao ano.

As propostas destinam-se a reforçar o apoio de alguns republicanos que levantaram dúvidas sobre sua boa fé conservadora enquanto corteja eleitores independentes. Pesquisas mostram Trump tem uma vantagem estreita sobre a candidata democrata, Hillary Clinton sobre quem pode promover um crescimento econômico mais sólido. Mas um maior número de eleitores dizem que Hillary entende melhor os desafios enfrentados pela classe média. Fonte: Dow Jones Newswires.