23°
Máx
12°
Min

Trump diz que "pessoal da Segunda Emenda" poderia deter Hillary

(Foto: Divulgação) - Trump diz que "pessoal da Segunda Emenda" poderia deter Hillary
(Foto: Divulgação)

O candidato republicano para a corrida presidencial dos Estados Unidos, Donald Trump, disse hoje que "o pessoal da Segunda Emenda" poderia deter sua rival, Hillary Clinton, de retirar direitos de donos de armas caso ela se torne presidente.

"Hillary quer abolir... essencialmente abolir a Segunda Emenda. Caso ela consiga escolher seus juízes, não há nada que vocês possam fazer", disse o empresário nova-iorquino em um comício em Wilmington, na Carolina do Norte. "Contudo, o pessoal da Segunda Emenda - talvez haja, eu não sei".

Críticos disseram que os comentários de Trump foram uma referência ao uso de armas contra Clinton, caso ela seja eleita em novembro, e que as palavras do republicano aumentam o tom agressivo da campanha em que as aparições de Trump provocam confrontos entre manifestantes e apoiadores do empresário.

Em uma nota intitulada "Comunicado da Campanha de Trump à Mídia Desonesta", o porta-vos de Trump, Jason Miller, disse que "o pessoal da Segunda Emenda tem um espírito maravilhoso e são tremendamente unidos, o que os dá um ótimo poder político. Neste ano, eles votarão em número recorte, e não será por Hillary Clinton, será por Donald Trump". Fonte: Dow Jones Newswires.