21°
Máx
17°
Min

União Europeia e Tóquio querem acordo de comércio livre assinado ainda em 2016

União Europeia e Tóquio querem acordo de comércio livre assinado ainda em 2016

Os líderes europeus que participam da Cúpula do G7, no Japão, e o governo do país asiático concordaram em acelerar as negociações entre Tóquio e Bruxelas – cidade-sede da União Europeia – para fechar um acordo de comércio livre ainda este ano.

“Pedimos aos nossos negociadores para acelerarem as conversações sobre o acordo de comércio livre e reafirmamos o nosso compromisso de fechar ainda em 2016”, afirmaram os líderes, em declaração conjunta emitida na cúpula.

A declaração foi assinada pelos líderes do Japão, Alemanha, França, Itália, Reino Unido e pelos presidentes da Comissão Europeia e do Conselho Europeu, também presentes no país asiático.

Os líderes destacaram a necessidade de “resolver todos os assuntos para chegar a um acordo, incluindo medidas tarifárias e não tarifárias”. A declaração também sublinhou a importância do acordo para “promover o crescimento estável” do bloco europeu e do Japão, assim como para a criação de emprego.

No início de março, a União Europeia e o Japão concluíram a sua 15ª ronda de negociações para um acordo de livre comércio. Não houve grandes progressos e ficou demonstrado que as posições de ambas as partes continuam distantes. 

O Japão é o maior parceiro comercial da União Europeia na Ásia depois da China. O acordo poderá crescer a economia europeia entre 0,6% e 0,8% do PIB (Produto Interno Bruto), assim como criar 400 mil novos postos de trabalho, segundo dados da Comissão Europeia.