28°
Máx
17°
Min

Venezuela vai adiantar o relógio em 30 minutos em meio à crise energética

A Venezuela adiantará o seu horário em 30 minutos para economizar energia, em meio a uma crise do setor elétrico, em razão da seca na represa que alimenta a maior hidrelétrica do país.

A medida se soma a outras ações lançadas recentemente pelo governo, como a redução da jornada de trabalho e feriados às segundas-feiras, no setor público.

Mas especialistas acreditam que a iniciativa não evitará o aumento dos racionamento elétricos.

O vice-presidente para o Desenvolvimento Social, Jorge Arreaza, anunciou hoje que o país voltará ao fuso horário -4:00 GMT a partir de maio. A Venezuela já havia adotado esse horário em 2007, quando o então presidente, Hugo Chávez, resolveu atrasar os relógios em meia hora para que os venezuelanos pudessem aproveitar a luz solar.

Arreaza disse que o ajuste permitirá "uma maior economia no consumo elétrico" e informou que nos próximos dias as autoridades se reunirão com representantes de diferentes setores para realizar os ajustes dos horários. Fonte: Associated Press.