Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Operação visa segurança na região central de Curitiba

Balada Protegida ‘fecha’ a rua Vicente Machado

A situação de violência que vem crescendo na região central de Curitiba começa a contar os dias para o fim. As ruas e comércios do centro tem sido até mesmo evitadas pela população devido ao risco de assaltos, tiros, facadas e, isso tudo não só na madrugada. Mas, na noite de quinta-feira (12), uma grande mobilização com a participação de diversos órgãos municipais e estaduais, promoveu uma operação de segurança na Avenida Vicente Machado e nas proximidades do Terminal do Guadalupe. Pelas redes sociais, o prefeito Rafael Greca (PMN), comentou que a ação intitulada de “Balada Protegida” não é contra os jovens e nem mesmo contra os bares. “É a favor da vida urbana sem medo”, relatou. “Não aconteceu porque é perto da minha casa. Eu durmo muito bem. Balada não me incomoda. Tiros e vítimas fatais nas esquinas sim”, acrescentou.

Greca ainda enfatizou que no último ano, três pessoas morreram vítimas de disparos de arma de fogo na região. “Cigarros e bebidas falsas também fazem mal. Drogas matam”, diz.

Com isso, os estabelecimentos comerciais da região foram vistoriados e quem estava por lá, foi abordado. O resultado da ação é considerado satisfatório. Ao todo, 615 pessoas foram abordadas; 29 veículos foram vistoriados; 9 pontos de comércio foram fiscalizados, dos quais 5 foram fechados. Ainda foram emitidos 20 autos de infração de trânsito; 17 autuações administrativas.

Três pessoas foram encaminhadas à polícia e um menor de idade à Delegacia do Adolescente. Foram apreendidos 0,8 gramas de maconha; 1.085 DVDs piratas; 916 carteiras de cigarros falsos.

Colaboração Prefeitura de Curitiba