22°
Máx
14°
Min

227 pessoas são presas nas primeiras semanas da Megaoperação Impacto

Dados foram apresentados na tarde desta segunda-feira (10), no Palácio do Governo Estadual. (Foto: Jefferson Weiss / Rede Massa) - 227 pessoas são presas nas primeiras semanas da Megaoperação Impacto
Dados foram apresentados na tarde desta segunda-feira (10), no Palácio do Governo Estadual. (Foto: Jefferson Weiss / Rede Massa)

As duas primeiras semanas da Megaoperação Impacto resultaram na prisão de 227 pessoas, além da redução da incidência de furtos e roubos. Quase 30 mil pessoas e mais de 13 mil veículos foram abordados em ações estratégicas dos órgãos envolvidos.

Também foram apreendidas 40 armas de fogo, aproximadamente 500 quilos de maconha, mais de 27 mil compridos de ecstasy e pouco mais de cinco quilos de crack, além da apreensão de 34 adolescentes. Foram recuperados 24 veículos que haviam sido roubados em toda a região.

Durante as duas primeiras semanas da Impacto, os casos de furto tiveram uma queda de 0,38% em relação ao mesmo período do ano passado, enquanto as ocorrências de roubo continuaram estáveis. Comparando com anos anteriores, a deflagração da Megaoperação conteve o avanço da criminalidade que vinha sendo registrado consecutivamente.

Não foram registradas explosões de caixa eletrônico durante os 16 dias de ações, uma das atividades criminosas foco da operação. No mesmo período de 2015, foram computados quatro explosões e uma tentativa.

A Impacto contou com trabalho integrado entre as Polícias Militar, Civil e Científica, Corpo de Bombeiros, Departamento de Inteligência e Departamento Penitenciário. Também houve o reforço de 700 policiais militares que concluem o curso de formação em Curitiba e região metropolitana, além de contar com 200 viaturas novas que foram alugadas para ampliar o trabalho preventivo.

Colaboração Louise Fiala