26°
Máx
19°
Min

À espera do Uber, Londrina terá mais 51 vagas para taxistas

(foto: N.Com/Divulgação) - À espera do Uber, Londrina terá mais 51 vagas para taxistas
(foto: N.Com/Divulgação)

A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) abriu edital de concorrência para criação de mais 51 vagas para taxistas em Londrina. A iniciativa ocorre no momento em que a Uber, empresa de transporte privado de passageiros, estuda começar a operar na cidade.

Do total de vagas, nove são para veículos adaptados com objetivo de atender pessoas com deficiência e as outras 42 para táxi convencional.

O valor do lance inicial é de R$ 14,1 mil para exploração do serviço por um período de dez anos. Com o valor mínimo, a arrecadação da CMTU ficaria em R$ 719 mil.

Os interessados em participar do certame, na condição de pessoas físicas poderão apresentar propostas para somente uma única vaga enquanto, na condição de pessoa jurídica, poderão ser apresentadas propostas para duas vagas.

Quem apresentar maior valor fica com a vaga. Em caso de empate, será realizado sorteio.


 Para começar a prestar os serviços, os veículos deverão passar por vistoria da CMTU. Entre as exigências, estão o bom estado de funcionamento e conservação do veículo, que não pode ter mais de sete anos de fabricação.

 A partir de agora, os novos táxis também serão obrigados a oferecer acesso à internet via Wi-Fi, sistema de ar condicionado e máquina ou aplicativo para pagamento com cartões de crédito e débito.

 Os permissionários pagarão à CMTU o valor ofertado pela vaga em cinco parcelas, sendo a primeira na data de assinatura do termo de autorização e as demais no 15º dia do mês seguinte.

 Caso atrasem o pagamento por mais de 30 dias corridos, o termo de permissão será cassado.