27°
Máx
13°
Min

“Acabaram com os sonhos dela e com os nossos”, diz mãe de Jessica Lovatto

A família da jovem Jessica Lovatto ainda tenta encontrar respostas que expliquem a crueldade contra a menina de 19 anos. Jessica foi assassinada ao deixar o trabalho de promotora, em uma das maiores feiras do Paraguai.

A polícia que investiga o caso, já apresentou três versões diferentes com suspeitos que poderiam ter cometido o crime o que tem deixado a família confusa e em busca de esclarecimentos.

Os pais da menina conversaram com a equipe da Rede Massa / Massa News e revelaram os dias sem a filha que tanto amavam.

“Acabaram com os sonhos dela e com os nossos”, diz a mãe da menina.

Jessica foi morto por estrangulamento, teve o pescoço quebrado. Foi jogada em um bueiro na cidade de Santa Rita, no Paraguai. Segundo a perícia, ela foi estuprada antes de ser morta.

O crime foi no dia 08 deste mês e de lá para cá, a polícia apresentou três suspeitos diferentes. As investigações ainda continuam e os investigadores analisam as imagens da feira. A última versão é de que dois jovens em uma moto, teriam abordado Jessica, quando ela saía da feira. O caso continua sem solução.

A Polícia do Paraguai afirma que continua os trabalhos para elucidar o crime.

Colaboração: Márcio Falcão / Rede Massa