26°
Máx
19°
Min

Ação conjunta resulta na prisão de quadrilha envolvida em tráfico e sequestros

Ação conjunta resulta na prisão de quadrilha envolvida em tráfico e sequestros

Uma ação conjunta entre a Polícia Militar, a Polícia Civil e a Polícia Rodoviária Federal resultou na prisão de cinco pessoas suspeitas de integrarem uma quadrilha envolvida com roubos, sequestros e o tráfico de drogas. A prisão aconteceu na tarde desta quarta-feira (6), na altura do km 10 da BR-277 em Paranaguá, no litoral do estado.

A Polícia Militar pediu o apoio das outras policiais quando recebeu a informação de que os integrantes da quadrilha seguiam sentido litoral em dois veículos. De acordo com a PM, o objetivo do grupo era praticar assaltos nas cidades litorâneas do Paraná.

“Na BR 277, na altura do distrito de Alexandra, próximo a Paranaguá, a equipe policial avistou os carros e os suspeitos. Quando notaram a presença da viatura, atiraram em direção aos PM’s”, explicou o capitão César Kamakawa, comandante do 9º Batalhão da Polícia Militar, responsável pela região.

Durante o confronto, um dos suspeitos foi atingido na região do tórax. Os outros quatro abandonaram o veículo e o comparsa e tentaram fugir pelo matagal. No entanto, foram encontrados pelos policiais e presos. Um sexto suspeito que também estaria em um dos carros conseguiu fugir e ainda não foi encontrado.

Além das prisões, a polícia encontrou e apreendeu duas pistolas (uma Taurus e outra Thunder), ambas de calibre 380; dois tabletes de maconha, totalizando 1,5kg da droga, que estavam escondidos na forração de um dos veículos; e o Citroën C3, um dos carros usados pelo bando, que foi roubado em março deste ano em Curitiba e que estava com placas clonadas.

Nenhum policial se feriu durante a ação. Já o suspeito que foi baleado precisou ser encaminhado para uma Unidade de Saúde da Região. Não há informações sobre o estado de saúde do rapaz. Os outros suspeitos presos, as armas, a droga e os carros foram levados à Delegacia de Polícia Civil de Paranaguá para os procedimentos necessários.