24°
Máx
17°
Min

Acusado de favorecimento à prostituição, vereador consegue habeas corpus em Ibaiti

(Foto: Divulgação) - Acusado de favorecimento à prostituição, vereador tem habeas corpus
(Foto: Divulgação)


 O policial civil e vereador eleito de Ibaiti Elienlon Carlos de Araújo conseguiu habeas corpus no Tribunal de Justiça e está em liberdade desde quinta-feira (1º).

Ele foi preso em 14 de outubro na “Operação Alcova”, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Londrina, acusado de favorecimento à prostituição infantil com base em informações obtidas através de escutas telefônicas.

Com o habeas corpus, Araújo poderá ser diplomado vereador na cerimônia de diplomação marcada para a próxima segunda-feira (5).

O policial civil tem 46 anos e atua na corporação há 23. A Corregedoria da Polícia Civil abriu procedimento administrativo disciplinar para apurar o caso, que pode resultar até em demissão do servidor público.