27°
Máx
13°
Min

Acusados de corrupção, agentes carcerários são afastados da delegacia de Umuarama

Os servidores teriam pedido dinheiro a presos (Foto: Polícia Civil) - Acusados de corrupção, agentes carcerários são afastados
Os servidores teriam pedido dinheiro a presos (Foto: Polícia Civil)

O delegado-chefe da 7ª Subdivisão Policial de Umuarama, Pedro Luiz Fontana Ribeiro, comunicou nesta segunda-feira (4) o afastamento preventivo de dois agentes penitenciários. Um deles inclusive era o subchefe do departamento carcerário.

O servidor público é acusado de pedir dinheiro para impedir a transferência de um detento de Umuarama para a Penitenciária Estadual de Cruzeiro do Oeste (Peco). Ele passará a trabalhar em Cianorte.

O segundo agente carcerário não aceitou a transferência de local de trabalho e pediu demissão. Esse teria recebido dinheiro de um detento para fazer a entrega de um celular dentro da carceragem.

Os afastamentos ocorreram há cerca de um mês, mas só agora foram comunicados ao público. Os dois vão responder por corrupção passiva e concussão, quando o servidor se utiliza do cargo para obter uma vantagem indevida.

As penas variam de dois a 12 anos de prisão.

Colaboração Assessoria de Imprensa