27°
Máx
13°
Min

Acusados de matar e esconder corpo pegam 16 anos de prisão

(Foto: Arquivo Massa News) - Acusados de matar e esconder corpo pegam 16 anos de prisão
(Foto: Arquivo Massa News)

Os dois acusados de matar e esconder o corpo do adolescente Edenílson Gonçalves Lima dos Santos, em abril do ano passado, foram condenados nesta terça-feira (20) a 16 anos e oito meses de prisão em regime fechado. Fábio do Prado Santos e Fábio Grden, de 21 e 20 anos, foram condenados pelo crime de homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver pelo Tribunal do Júri de Ponta Grossa.

Segundo a decisão judicial, os qualificadores foram motivo torpe, meio que impossibilitou a defesa da vítima e uso de meio cruel. Fábio do Prado Santos já está preso, mas Grden continua foragido e é procurado pelas autoridades.

O crime pelo qual os jovens foram condenados aconteceu em abril de 2015, depois que os três brigaram e Edenílson foi atingido por diversas facadas. O corpo do rapaz foi levado até a região do balneário Rio Verde, jogado dentro do rio e só foi encontrado depois de seis dias.