22°
Máx
17°
Min

Acusados disseram à polícia que não queriam matar, apenas tirar satisfação com a vítima

Quatro são presos por matar e atear fogo em homem

Quatro rapazes foram presos por policias civis de Colombo e foram indiciados por homicídio. Eles são responsáveis, de acordo com a polícia, pela morte de Claudinei Cardoso dos Santos, de 37 anos, que foi assassinado na madrugada de terça-feira (12) e teve o corpo abandonado na Estrada da Ribeira, em uma área pertencente a um instituto de pesquisas agropecuárias.

De acordo com a polícia, a vítima teria sido morta por ‘bater na esposa’. Conforme a polícia, Claudinei teria agredido a esposa, que registrou a ocorrência na Delegacia. A enteada dele teria comentado com o namorado que a mãe tinha apanhado de Claudinei, e o rapaz, na companhia de três outros amigos, decidiu tirar satisfações com o padrasto da namorada.

O que foi revelado pela polícia é que “os quatro rapazes chegaram na casa de Claudinei, que os teria recebido com um facão em punho. Os rapazes renderam e agrediram a vítima. Depois disso, eles saíram de carro com Claudinei, que não foi mais encontrado com vida”.

A polícia disse ainda, que num primeiro momento o caso chegou a ser tratado na delegacia como sequestro. Mas, as investigações levaram aos suspeitos que acabaram confessando. Segundo a polícia, no entanto, eles disseram que “espancaram e deixaram Claudinei com vida no meio do mato e que não sabem quem teria ateado fogo no corpo”.

Os quatro rapazes não tinham passagem pelo setor policial, ao contrário da vítima.

Colaboração Ricardo Vilches/Rede Massa/Assessoria Polícia Civil