23°
Máx
12°
Min

Adolescente de 16 anos é quarto caso confirmado de H1N1 em PG

(Foto: Divulgação) - Ponta Grossa confirma novo caso de H1N1
(Foto: Divulgação)

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou nesta quinta-feira (28) o quarto caso da gripe H1N1 em Ponta Grossa. A doença foi diagnosticada em um adolescente de 16 anos, que teria apresentado os primeiros sintomas no fim do mês passado. As outras confirmações da doença no município aconteceram nos dias 11 e 13 deste mês. Todos os pacientes foram tratados e se recuperaram da doença.

Ainda de acordo com a Secretaria, o bairro onde mora o adolescente não será revelado porque, diferente das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti (dengue, zika e febre chikungunya), a H1N1 pode ter sido adquirida em qualquer lugar da cidade.

Em todo o Paraná, já foram confirmadas oito mortes por causa da doença em Foz do Iguaçu (duas mortes), Quitandinha (uma), Cornélio Procópio (uma), Marmeleiro (uma), Umuarama (uma), São José dos Pinhais (uma) e Maringá (uma).

Dia D

Neste sábado acontece em Ponta Grossa o Dia D de vacinação contra a gripe. As pessoas que devem ser imunizadas contabilizam 75.873 mil, sendo divididas em crianças de 6 meses até 4 anos, 11 meses e 29 dias, trabalhadores de saúde que tratam, cuidam e monitoram pacientes, gestantes, puerperas até 45 dias, idosos, pessoas com doenças crônicas e funcionários do sistemas prisional. Na primeira semana de vacinação foram imunizadas 18.812, equivalente a 28,56% da meta mínima que deverá ser atingida.

A população alvo poderá procurar a vacina nas seguintes unidades: Egon Roscamp (Santa Paula), Rômulo Pazinato (antigo CAS Nova Rússia), Cyro Garcia (antigoCAS Oficinas), Lauro Müller (Santa Maria), Antônio Saliba (Parque dos Sabiás/Parque dos Pinheiros), Clyceu de Macedo (Santa Terezinha), Abraão Federman (Uvaranas), Cleon de Macedo (Jardim Paraíso), Júlio de Azevedo (Vila Vilela), Roberto Portela (Ronda), Zilda Arns (Parque Nossa Senhora das Graças), Madre Josefa (Vila Princesa/Coronel Cláudio), Luiz Conrado Mansani (antigo CAS Uvaranas), Antônio Russo (São José), Nilton de Castro (Parque Tarobá), Jayme Gusman (Vila Estrela), Distrito de Guaragi e Biscaia. Todos deverão levar documento, crianças com o cartão de vacina e doentes crônicos deverão levar uma indicação médica.

Colaboração Assessoria de Imprensa e Daniel Petroski, da Rede Massa.