22°
Máx
14°
Min

Adolescente de Maringá é acusado de esquartejar pai e jogar corpo ao mar na Espanha

(Foto: Wikipedia) - Adolescente de Maringá é acusado de esquartejar pai e jogar corpo ao mar na Espanha
(Foto: Wikipedia)

Um adolescente de 16 anos, ex-morador de Maringá, foi apreendido na Espanha acusado de matar o pai, esquartejar o corpo e jogar ao mar, em Santa Cruz de Tenerife, nas Ilhas Canárias. Uma equipe da Guarda Civil encontrou o garoto em um bar, próximo da residência onde ele vivia.

Mergulhadores da Companhia Auxiliar do Porto avistaram uma mala vermelha flutuando e fizeram o recolhimento. Surpreendentemente, dentro da bagagem estava o tronco de um homem. Mais tarde, outra mala foi encontrada com outras partes do cadáver.

A vítima é Claudemir Silva, 37 anos, supostamente assassinado e esquartejado pelo garoto de 16 anos. A Guarda Civil chegou até o adolescente depois do depoimento de vizinhos e um taxista, que viram um garoto com traços marroquinos ou sul-americanos carregando malas.

A investigação dá conta que pai e filho tiveram uma briga, que terminou com a tragédia. Ao repórter Índio Maringá da Rede Massa, a família contou que Silva morava há anos na Espanha, onde atuava como empresário da construção civil. No fim do ano passado, ele veio para o Brasil e convidou o filho para se mudar. 

Na Espanha, os dois começaram a brigar e uma das discussões teria terminado em tragédia. A mãe do falecido recebeu sedativos, pois ficou transtornada ao saber do desentendimento. O avô do garoto estava em Minas Gerais comercializando café e tenta voltar a Maringá para resolver as providências em relação ao corpo. 

Colaboração Índio Maringá da Rede Massa