23°
Máx
12°
Min

Adolescente é apreendido após atirar contra homem

Vítima procurou atendimento em um posto de saúde (Foto: Portal O Vale) - Adolescente é apreendido após atirar contra homem
Vítima procurou atendimento em um posto de saúde (Foto: Portal O Vale)

Agentes do Posto de Saúde de Campina da Lagoa informaram a Polícia Militar sobre um homem que havia dado entrada na Unidade de Emergência vítima de disparo de Arma de Fogo.

As se deslocarem ao local a Equipe identificou a vítima como sendo a pessoa de Maurici Ribeiro, conhecido como “Betão”, 49 anos, o mesmo estava com seis perfurações sendo quatro no abdome e duas no peito, consciente a vítima informou o nome do autor um menor de idade, ainda segundo a vítima o rapaz efetuou um disparo com uma espingarda.

Diante das informações os policiais se dirigiram até o Distrito de Sales de Oliveira, no endereço informado pela vítima se encontrava apenas o padrasto do suspeito, que informou um outro endereço em uma estrada rural onde o menor costuma frequentar, a equipe se deslocou até a propriedade onde foi informado pelo morador do local que o menor teria se evadido assim que avistou a chegada da viatura adentrando em meio ao mandiocal.

Ao perceber o cerco o menor gritou dizendo que iria se entregar saindo do mandiocal com as mãos para cima, de imediato confessou ter atirado em Maurici, e disse que o mesmo foi até sua residência com um facão e foi para cima dele, momento em que entrou na residência pegou a espingarda e desferiu um tiro contra a vítima e que na sequencia escondeu a arma em uma casa sem morador.

Após a equipe ir até o esconderijo e constatar que realmente era uma casa abandonada, foi dado voz de apreensão e encaminhado o menor ao destacamento da Polícia Militar onde entraram em contato com o Conselho Tutelar para dar acompanhamento a ocorrência.

O menor e a arma foram devidamente entregues a Delegacia de Polícia Civil. Maurici Ribeiro recebeu os primeiros socorros na Unidade de Emergência do Posto de Saúde central e encaminhado com risco de Vida para o Pronto Socorro de Campo Mourão.

Histórico do Menor

Em abril de 2014 o menor foi acusado de colocar fogo em um idoso de 71 anos, na época o senhor ficou internado por vários dias em uma unidade da ala para queimaduras do Hospital Universitário de Londrina e entrou em óbito. Desde então várias reclamações e queixas foram registrada contra o menor segundo informações da Polícia. 

Colaboração: Portal O Vale