27°
Máx
13°
Min

Adolescentes internados em Centros de Socioeducação vão ter acesso a cursos profissionalizantes

Os adolescentes que cumprem medida de internação e semiliberdade em Centros de Socioeducação e Casas de Semiliberdade do Paraná vão ter acesso a cursos de qualificação profissional a partir de agora.

Nesta terça-feira (15), duas empresas especializadas na oferta dos cursos foram contratadas pela Secretaria de Estado da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos.

Os cursos serão realizados em nível básico e presencial, bem como em atividades de cultura, esporte e lazer. O objetivo é estimular o desenvolvimento de habilidades básicas e específicas dos adolescentes a partir da integração dos conceitos de cidadania e o universo do trabalho.

Ao longo do ano estão previstas 456 turmas e serão ofertados 23 cursos de qualificação profissional, dentre eles de informática básica; manutenção e montagem de microcomputadores e panificação.

Além disso, também estão previstos cinco mostras e intervenções culturais, além de 324 oficinas abrangendo atividades voltadas ao teatro, música, esporte e demais temas. A contratação dos serviços ocorrerá em todas as unidades socioeducativas do Estado.