23°
Máx
12°
Min

'Advogado' condenado por estupro volta a ser preso em Londrina

(foto: OAB Londrina) - 'Advogado' condenado por estupro volta a ser preso em Londrina
(foto: OAB Londrina)

O bacharel em Direito Lucas Ferreira foi preso na noite de sábado (12) em Londrina. Ele foi condenado a dez anos de regime fechado por estupro cometido em maio de 2012, mas ficou detido por menos de 24 horas após ser preso na PUC de Londrina  em maio de 2014.

Na sexta-feira (11), o juiz da 3ª Vara Criminal expediu mandado de prisão contra o rapaz, que foi levado inicialmente ao Centro de Triagem (CIT) e transferido na sequência para a Penitenciária Estadual de Londrina (PEL I).

O nome do condenado voltou a virar notícia na semana passada, depois que ele participou da solenidade da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) retirando o certificado de advogado.

Segundo a OAB, Ramalho omitiu que tinha uma condenação criminal em primeiro e segundo graus por estupro em declaração assinada por ele.

Com a descoberta da informação, o presidente da OAB Paraná, José Augusto Araújo de Noronha determinou a suspensão cautelar da inscrição do advogado.

“A idoneidade moral é requisito fundamental para o exercício da advocacia. O advogado deve primar pela verdade. É muito grave que uma informação dessa natureza tenha sido ocultada pelo bacharel candidato ao ingresso nos quadros da Ordem”, afirma Noronha.

A reportagem tenta contato com os advogados de defesa de Ramalho.