24°
Máx
17°
Min

Agência atacada por quadrilha volta a abrir nesta quinta-feira

A agência do Sicredi de Ortigueira, a 143 quilômetros de Ponta Grossa, permaneceu fechada na manhã desta quinta-feira (7), um dia após o ataque de uma quadrilha em plena luz do dia. O atendimento só voltará ao normal a partir das 13h. Clientes e funcionários da empresa foram feitos reféns e formaram um ‘escudo humano’ durante a ação dos bandidos, que atiraram dezenas de vezes para intimidar as vítimas.

De acordo com a Polícia Militar, a Fiat Strada Toro usada pelos cinco criminosos para fugir do local foi encontrada horas depois na localidade rural de Palmital, próximo à região em que os reféns foram abandonados. Todos eles estavam bastante assustados, mas estavam ilesos.

Logo após o crime, uma viatura da Polícia Militar de Ortigueira tentou bloquear os bandidos na BR-376, mas os criminosos atiraram com os fuzis contra os policiais e a viatura, mas ninguém ficou ferido. A PM ainda tentou perseguir os suspeitos, mas a viatura teve os pneus dianteiros furados com objetos conhecidos como ‘miguelitos’. Os criminosos escaparam em direção a Mauá da Serra e abandonaram o veículo na área rural, onde possivelmente embarcaram em outro carro para continuar a fugir.

Os ladrões conseguiram fugir com dinheiro e o revólver e colete balístico do segurança da agência. A Polícia Civil ainda não informou se há pistas que possam levar aos criminosos. Até a publicação desta matéria, não havia ninguém preso.