22°
Máx
17°
Min

‘Agência nos Bairros’ faz mais de 700 atendimentos em um mês

Projeto busca levar qualificação e formalização para comunidades de Ponta Grossa (Foto: Divulgação) - ‘Agência nos Bairros’ faz mais de 700 atendimentos em um mês
Projeto busca levar qualificação e formalização para comunidades de Ponta Grossa (Foto: Divulgação)

Em tempos de crise, a Agência do Trabalhador de Ponta Grossa criou mais uma ação para conter a retração de empregos na cidade. E em apenas um mês, o projeto Agência nos Bairros já realizou mais de 700 atendimentos em diversas regiões da cidade. O projeto leva os serviços da Agência aos bairros com o objetivo de diminuir o tempo e os gastos dos moradores, além de dar a oportunidade de emprego para moradores de todas as regiões da cidade.

No total, foram 278 encaminhamentos para entrevistas de empregos, 307 cadastros e atendimentos e 124 prestações de serviço a microempreendedores individuais na Sala do Empreendedor. Para o gerente da Agência, Rudolf Christensen, a expectativa quando o projeto foi criado era atender cerca de 50 pessoas por dia. Mas logo no primeiro mês, a média por bairro foi de 110 atendimentos.

“Estamos fechando diversas parcerias para incrementar a Agência do Trabalhador e consequentemente aumentar a qualidade de vida das pessoas”, revela o gerente. A próxima edição da Agência acontece nesta sexta-feira (19), mas o bairro ainda não foi definido.

Retração de empregos

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, o número de vagas ofertadas em Ponta Grossa apresentou queda de 2,46% no ano passado. O número é menor do que a média registrada no país, de 3,74%, e no Paraná, que apresentou índice de retração de 2,78%.