20°
Máx
14°
Min

Agentes penitenciários fazem protesto e se reúnem com chefe da Casa Civil

(Foto: Sindarspen) - Agentes penitenciários fazem protesto e se reúnem com chefe da Casa Civil
(Foto: Sindarspen)

Agentes penitenciários se reuniram na tarde desta quinta-feira (23) com o chefe da Casa Civil do Paraná, Valdir Rossoni, depois de realizarem uma mobilização em frente do Palácio Iguaçu, sede do governo estadual. A categoria pede o pagamento de promoções e a contratação de mais servidores.

“Garantimos com ele duas importantes agendas”, comentou a presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná (Sindarspen), Petruska Niclevisk Sviercoski. De acordo com ela, desde dezembro do ano passado, os servidores que completaram 10 anos de serviço e que têm direito à promoção não estão recebendo o benefício.

Além disso, os trabalhadores reclamam da defasagem no número de agentes penitenciários. “Em 2013, quando a situação era um pouco melhor que agora, um levantamento do próprio Depen, da própria administração penitenciária, mostrou que a defasagem estava em 1.675 agentes. De lá pra cá o número de presos aumentou e o de agentes diminuiu. A defasagem está menor ainda”, disse Petruska, que destacou o desgaste físico e emocional em que trabalham os agentes.

Uma nova reunião foi marcada para o mês de julho e a categoria ainda deve participar de uma reunião do comitê de política salarial, para discutir as prioridades do investimento estadual na área.