24°
Máx
17°
Min

Agricultores familiares recebem 370 toneladas de corretivos agrícolas

(Foto: Divulgação) - Agricultores familiares recebem 370 toneladas de corretivos agrícolas
(Foto: Divulgação)

Nesta quarta-feira (25), o município de Pato Branco e o Governo do Estado realizaram a entrega simbólica de calcário e fosfato, para realizar a correção do solo e contribuir na fertilidade e na qualidade da produção de grãos. Os 80 produtores receberam os insumos, gratuitamente, através do Programa de Apoio ao Manejo e a Fertilidade do Solo promovido por convênio entre a Prefeitura e a Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (Seab). No total, foram investidos R$ 104.983,40 entre recursos municipais e do Governo do Estado para aquisição e repasse do material. 

Das 300 toneladas repassadas, 49,6 toneladas foram de super fosfato simples, atendendo 47 produtores. De calcário calcítico foram fornecidas 332 toneladas, contemplando 33 agricultores. Cada produtor recebeu o insumo conforme a necessidade apresentada pela análise do solo.

Para o secretário municipal de Agricultura, Clodomir Ascari, a entrega de calcário e fosfato é mais uma forma de demonstrar a valorização que o Município tem pela agricultura. “Nossa equipe se dedica ao máximo, sempre pensando em benefícios para os produtores, seja na busca de recursos para melhorar a produção ou no atendimento acolhedor de quem vem até a nossa secretaria. Hoje, temos programas referenciais que demonstram essa postura, como o Asfalto no Campo e o Prodeagri”, salientou Clodomir.         

O chefe regional da Seab, Ivano Carniel, ressaltou a importância da agricultura tanto para o crescimento local quanto nacional. “O Brasil conquistou este ano a primeira posição em exportação de grãos. O Paraná, com apenas 3% de área, é responsável por 22% de toda essa produção e Pato Branco está entre os 20 municípios do Estado que mais produzem. Isso só é possível porque há investimentos, como o do calcário e do fosfato, para os produtores”, afirmou.

Para o presidente da Central das Associações de Produtores Rurais de Pato Branco, Ivonir Bernardi, a iniciativa demonstra o empenho do Município com a categoria. “O futuro de muitos produtores depende de ações como essa, que são um incentivo para que a agricultura familiar e o agronegócio continuem prosperando em nossa cidade”, disse.

O produtor Andrei Dallagnol possui sua propriedade em São Caetano e recebeu, através do programa, o fosfato. “Para nós chegou em ótima hora, pois trabalhamos com gado leiteiro e utilizaremos o produto para melhorar a qualidade do pasto dos animais. Além disso, representa uma economia, pois teríamos que pagar por esses insumos que estamos recebendo gratuitamente”, afirmou Andrei.

Os produtores beneficiados possuem cadastro com Nota Fiscal de Produtor Rural, declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) e área de produção inferior a 03 módulos fiscais. Além disso, para receber os produtos, os agricultores apresentaram a análise do solo das suas propriedades, para indicar a necessidade de fosfato ou calcário.

Colaboração Assessoria de Imprensa.