27°
Máx
13°
Min

Ainda duas empresas do sistema de transporte coletivo não efetuou o pagamento

Paralisação poderá ser total ou parcial. (Foto: Cesar Brustolin/SMCS) - Mais de mil motoristas e cobradores aguardam pagamento
Paralisação poderá ser total ou parcial. (Foto: Cesar Brustolin/SMCS)

Até o momento (18h), das 29 empresas do sistema de transporte coletivo que atendem Curitiba e Região Metropolitana, apenas a Marechal Matriz (Comec) e Marechal Filial (URBS) não pagaram os salários de, no total, 1.425 motoristas e cobradores. Segundo o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc), caso não haja o cumprimento do pagamento total no 5.º dia útil, os trabalhadores  irão entrar em greve, a partir de amanhã (6). A decisão de greve total ou parcial será discutida em assembleia da categoria, na madrugada deste sábado (6).

Prazo para o pagamento total, conforme a Setransp, é até às 23h59.

Informações Agência Confraria e Assessoria Sindimoc