22°
Máx
16°
Min

Aires da Silva presta depoimento à CPI da Pecúlio

A manhã desta segunda-feira (27) foi marcada pelo depoimento do ex-diretor de pavimentação de Foz do Iguaçu, Aires da Silva, à CPI da Pecúlio. Ele, que já havia sido intimado, mas se reservou ao direito do silêncio, por estar sem advogado, hoje, compareceu na Câmara de Vereadores acompanhado da defesa.

A expectativa era grande em ouvir um dos principais investigados na Operação Pecúlio, deflagrada pela Polícia Federal, na fronteira, em combate aos crimes em licitações do município.

Aires não deu muitos detalhes do esquema, apenas confirmou tudo o que já havia esclarecido aos investigadores da PF. Ele foi solto da prisão na semana passada, após um acordo de delação premiada.

Os trabalhos se concentram agora para ouvir o ex-secretário de obras, Carlos Juliano Budel. Ele também é um dos principais investigados e deve ser ouvido ainda nesta semana. Com os detalhes apurados até agora, segundo os membros da CPI, já é possível fazer um relatório que será apresentado na semana que vem.

Depois disso, os vereadores devem pedir a abertura de uma comissão processante que poderá pedir o afastamento do prefeito Reni Pereira.

Colaboração: Márcio Falcão / Rede Massa