26°
Máx
19°
Min

Aluna de Medicina e mãe morrem em acidente na BR-376

Segundo a PRF, acidente foi causado por uma ultrapassagem indevida (Foto: Divulgação) - Aluna de Medicina e mãe morrem em acidente na BR-376
Segundo a PRF, acidente foi causado por uma ultrapassagem indevida (Foto: Divulgação)

A cidade de Apucarana está em choque com uma tragédia ocorrida na tarde deste sábado (9) na BR-376, em Ortigueira, a 143 quilômetros de Ponta Grossa. A estudante de Medicina Bruna Lissa Tanaka, de 24 anos, e sua mãe Neuza Tanaka, de 54 anos, morreram em um acidente de trânsito causado por uma ultrapassagem indevida. A jovem havia entrado em férias e seguia com a mãe para Apucarana, onde encontraria a família.

Elas estavam em um Fiesta que foi atingido na lateral por um caminhão na altura do quilômetro 389 da rodovia. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caminhoneiro, que escapou ileso do acidente, revelou que seguia em direção ao sul do Paraná quando um veículo que estava atrás dele forçou a ultrapassagem e foi para cima do Fiesta.

Bruna, que estava dirigindo, se assustou e tentou desviar, mas perdeu o controle da direção, o carro rodou na pista e foi atingido pelo caminhão. O automóvel foi jogado para fora da rodovia e ainda bateu contra uma árvore. Bruna e Neuza estavam de cinto de segurança, mas o impacto foi muito forte e elas morreram ainda no local do acidente. O motorista causador do acidente fugiu do local e ainda não foi identificado.

As mortes causaram grande comoção em toda a cidade e, pelas redes sociais, dezenas de amigos e familiares homenageiam a família. Bruna estava no quarto ano de Medicina na Univali e era filha do dentista Oswaldo Tanaka, de Apucarana. O velório acontece na Capela Prever de Arapongas e o sepultamento está marcado para as 17h no Cemitério Municipal de Arapongas.