23°
Máx
12°
Min

Alunos de medicina fazem manifestação no Paraguai

Dezenas de ex-alunos, formados em medicina em uma universidade de Cidade do Leste, no Paraguai, realizaram um protesto hoje.

Segundo os representantes da manifestação das três primeiras turmas do curso de medicina, já finalizadas, nenhuma teria recebido o documento de conclusão.

 Um dos ex-alunos defendeu a tese exigida para o curso em abril de 2015, mas até agora, ainda não conseguiu o certificado de conclusão.

80% dos alunos são brasileiros em busca do sonhado curso de medicina e a escolha se dá, em especial, pelo custo, ser bem mais em conta do que uma universidade no Brasil.

A média de mensalidade em gira em torno de R$ 1.200 no Paraguai, já no Brasil, uma estimativa é de que a mesma graduação tenha um custo mensal de R$ 5 mil. A universidade apenas afirmou que o prazo para a entrega dos diplomas ainda está dentro do estipulado.

Os diplomas da primeira turma que terminou em 2015 foram entregues no MEC em outubro. O prazo para que cheguem aos estudantes é de cinco meses a um ano, a demora se deve, pois, alguns alunos vieram transferidos da Bolívia, no entanto os estudantes rebatem a informação e mostram documentos onde o prazo estipulado é de seis meses.

 Colaboração: Monica Nasser / Rede Massa