23°
Máx
12°
Min

Amansando o Leão descomplica o Imposto de Renda

(Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa) - Amansando o Leão descomplica o Imposto de Renda
(Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa)

Descomplicar o preenchimento da declaração do imposto de renda. Esse é o objetivo do Amansando o  Leão, projeto da FAE Centro Universitário, que orientará gratuitamente os cidadãos sobre o Imposto de Renda Pessoa Física 2016 em Curitiba e São José dos Pinhais. Os plantões começam no dia 31 de março e serão realizados até o dia 26 de abril.

Embora o atendimento à população seja gratuito, os voluntários da FAE estarão recebendo doações de alimentos não perecíveis. Toda a arrecadação será direcionada para entidades beneficentes atendidas pela Pastoral Universitária da FAE.

“A declaração do imposto de renda pode parecer simples para algumas pessoas, mas para outras pode ser sinônimo de calafrios”, explica a professora da FAE e coordenadora do Amansando o Leão, Maria do Carmo Godoy Ehlke. “Erros podem levar o declarante para a malha fina e uma boa orientação ainda ajuda a detalhar os rendimentos para expor melhor a condição fiscal do cidadão. O resultado pode significar economia na hora de recolher imposto ou ganho na restituição”, cita.

Agenda

Dia 31 de março

  • Horário: das 9h às 17h - agendar horário na Central de Relacionamento pelo telefone 0800-727-4001
  • Local: FAE Centro Universitário – Rua 24 de Maio, 135 – Centro, Curitiba, Paraná

Dia 2 de abril

  • Horário: das 9h às 17h - agendar horário na Central de Relacionamento pelo telefone 0800-727-4001
  • Local: FAE São José dos Pinhais – Avenida Rui Barbosa, 9551– Centro, São José dos Pinhais, Paraná

Dia 3 de abril

  • Horário: das 14h às 20h
  • Local: Shopping Total – Rua Itacolomi, 292 – Portão, Curitiba, Paraná

Dias 9 e 10 de abril

  • Horário: Sábado (09), das 10h às 20h, e domingo (10), das 14h às 20h
  • Local: Shopping Água Verde – Avenida República Argentina, 1927– Água Verde, Curitiba, Paraná

Dias 16 e 17 de abril

  • Horário: Sábado (16), das 10h às 20h, e domingo (17), das 14h às 20h
  • Local: Shopping Cidade – Avenida Marechal Floriano Peixoto, 4984 – Hauer, Curitiba, Paraná

Dias 27 e 28 de abril

  • Horário: das 9h às 17h - agendar horário na Central de Relacionamento pelo telefone 0800-727-4001
  • Local: FAE Centro Universitário – Rua 24 de Maio, 135 – Centro, Curitiba, Paraná

Atendimento

Para ter acesso à orientação, é necessário levar a cópia da declaração do IRPF anterior (caso tenha declarado) e os informes de rendimentos obtidos no ano passado. Também é preciso agendar o atendimento pelo telefone 0800-727-4001.

Documentação

Devem ser levados para a orientação os seguintes documentos: cópia da declaração do ano anterior (caso tenha declarado), informes de rendimentos, relação de bens, extratos bancários e comprovantes de gastos com educação e saúde.

Dúvidas

Ter dúvidas ao declarar o imposto de renda é comum. Muitos contribuintes ficam confusos quanto ao preenchimento das informações. Durante o atendimento, serão esclarecidas dúvidas como declaração de cônjuges, bens imóveis quitados ou financiados e rendimentos de aluguéis e vendas, lucros de sócios de empresas, aposentados, autônomos e demais profissionais, inclusão de dependentes e alimentados, despesas com educação e saúde, opção pela declaração completa ou simplificada e quais os erros mais comuns cometidos pelos declarantes.

Novidades em 2016

 A declaração do imposto de renda terá novidades em 2016. As mudanças estão relacionadas com o sistema da Receita Federal e a ampliação da capacidade de cruzamento de dados. Entre as principais alterações estão a ausência de dados do cônjuge, a declaração de médicos e profissionais liberais e a obrigatoriedade da inclusão do CPF para dependentes com 14 anos ou mais.

Quem deve declarar

Pessoas físicas residentes no Brasil que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.123,91 em 2015.

Contribuintes que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, superiores a R$ 40 mil no ano passado.

Pessoas que obtiveram, em qualquer mês de 2015, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeitos à incidência do imposto, ou que tenham realizado operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.

Quem tiver a posse ou a propriedade, em 31 de dezembro de 2015, de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor superior a R$ 300 mil.

Contribuintes que passaram à condição de residentes no Brasil, em qualquer mês do ano passado, e que se encontrassem nessa mesma condição em 31 de dezembro de 2015.

Optantes pela isenção do imposto sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja destinado à aplicação na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de até 180 dias contados da data de assinatura do contrato de venda.

Quem obteve, em 2015, receita bruta superior a R$ 140.619,55 oriunda de atividade rural.

Quem pretenda compensar, no ano-calendário de 2015 ou posteriores, prejuízos relativos à atividade rural de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2015.

Colaboração Assessoria de Imprensa.