22°
Máx
16°
Min

Amor não correspondido de vizinha acaba na delegacia de Foz

Amor não correspondido de vizinha acaba na delegacia de Foz

Um amor não correspondido foi o motivo alegado por um homem, para explicar o crime cometido por ele, na madrugada desta quarta-feira (27), em Foz do Iguaçu, no Paraná. Transtornado e armado com uma pistola calibre 9 mm municiada, Marciano Gonçalves, 31 anos, invadiu a casa de uma vizinha e manteve a mulher sob a mira da arma.

Ele foi preso logo que a polícia chegou ao endereço. A vítima contou que ficou assustada com a atitude, afirmou que mora há um mês perto do agressor e que nunca teve relacionamento com ele, mas que o vizinho tem amor platônico por ela.

O rapaz dizia a todo o momento que amava a vizinha. Ele contou que já foi preso por assalto e tráfico de drogas. Ele vai ficar à disposição da justiça.

Colaboração: Juliano Jaques / Rede Massa