28°
Máx
17°
Min

Ao cumprirem as penas, presos são qualificados para o mercado de trabalho

(Foto: Divulgação/Assessoria Depen) - Depen oferta qualificação para detentos
(Foto: Divulgação/Assessoria Depen)

Pensando no futuro dos egressos do sistema prisional do Estado, o Departamento de Execução Penal do Paraná (Depen), realiza o Programa Pró-Labor, que tem ajudado os detentos que cumpriram suas penas, a se qualificarem e conseguirem uma vaga de emprego.

Para entrar no programa, os egressos passam por uma entrevista inicial no patronato e são divididos em grupos de até 20 assistidos. Encontros mensais são organizados para que cursos de qualificação e profissionalização sejam desenvolvidos. Através da telesala, é possível ofertar cursos online. Orientações de empregabilidade, elaboração de currículo e técnicas para entrevistas de trabalho, também são repassadas.

Para o diretor do Depen, Luiz Alberto Cartaxo Moura, o trabalho no sistema prisional é uma realidade bem sucedida, já que hoje mais de 4 mil presos atuam em canteiros de trabalho, o que gera renda para suas famílias e diminui suas penas. “Precisamos ir além e auxiliar também as pessoas que estão saindo das penitenciárias para que conquistem seu espaço no mercado de trabalho e não retornem à prática criminosa”, afirma o diretor.

Colaboração Assessoria Depen